Google+ Followers

sexta-feira, 26 de abril de 2013

DIVERSIDADE SEXUAL É REAL

Por Néa Tauil


Em todas as sociedades, as expressões da sexualidade são alvo de normas morais, religiosas ou científicas, que vão sendo aprendidas pelas pessoas desde a infância. Nesse sentido, cria -se modelos estanques, nos quais pretende encaixar e classificar as pessoas, com base apenas no sexo biológico, desconsiderando que a sexualidade humana resulta de aspectos biológicos, psicológicos e interações com os contextos familiar e social.  

De fato, houve a partir dos anos 1960, o início de uma desconstrução dos estereótipos do masculino e feminino que, apesar de ser um processo lento, está em curso. Tanto que hoje, reconhece-se que as identidades de gênero não são apenas binárias (masculino /feminino), podendo assumir diferentes formas dependendo do contexto social e cultural.


Sem dúvida, a diversidade sexual humana é real como mostra o médico psiquiatra e sexólogo Ronaldo P. da Costa, em seu livro ¨Os 11 sexos - As múltiplas faces da sexualidade humana¨. A obra mostra que as pessoas podem ser ou se comportarem de onze formas diferentes, além das inúmeras distinções entre uma forma e outra. São elas:

1- Mulheres Heterossexuais - Têm os homens como objeto de amor e desejo sexual. Isso não tem relação com a realidade de seu corpo, mas como elas sentem. 


2- Homens Heterossexuais - São aqueles que desejam e amam mulheres. Ele se sente masculino e, consequentemente, desenvolve um comportamento adequado a essa natureza. 


3- Mulheres Lésbicas - Sentem-se mulheres, comportam-se de maneira feminina, mas desejam se relacionar afetiva e sexualmente com outra mulher, não com um homem. Uma mulher lésbica não se sente um homem, não pensa que é um homem e nem quer ser um homem.


4- Homens Homossexuais - O homem homossexual ama e/ou deseja outro homem. Essa é a única diferença em relação aos outros homens.


5- Mulheres Bissexuais - Só há uma diferença entre mulheres heterossexuais e bissexuais: as bissexuais se vinculam afetiva e sexualmente tanto a homens quanto a mulheres, numa relação intercalada ou não de maior ou menor duração. As bissexuais nascem biologicamente normais, reconhecem e aceitam seu órgão sexual feminino e comportam-se como mulheres. Sua orientação sexual, no entanto, é dupla, e o objeto do amor e do desejo é variável, durante toda a vida.


6- Homens Bissexuais - O bissexual masculino é um homem como qualquer outro. Nasce biologicamente perfeito, não tem disfunções orgânicas relacionadas à sexualidade e cresce se comportando de forma masculina. Ele se sente homem. A única diferença entre bissexuais e heterossexuais é que, quando sua orientação sexual se define como bissexual, ele passa a desejar homens e mulheres. Isso é um sentimento, uma vontade que está dentro dele e não depende de sua vontade.


7- Homens Travestis - No Brasil, o termo designa homens que nascem machos e são educados como meninos, mas que têm uma identidade de gênero dupla, diferente da maioria. Junto com a personalidade masculina, desenvolvida pelo reconhecimento do corpo de homem, sentem-se também femininos. O homem travesti sente-se, ao mesmo tempo, homem e mulher. Ele sabe que é homem, não pensa em eliminar o órgão sexual masculino. O travesti não é um homem homossexual e prefere, quase sempre, se relacionar com homens ditos heterossexuais. Os que se vestem de maneira caricata, bem-humorada, são chamados de drag queens. Porém, nem todo homem que se veste de mulher é um travesti. Alguns travestis transformam seus caracteres sexuais secundários para os de mulher.

8 - Mulheres Travestis - As mulheres travestis comportam-se, na maioria das vezes, como homens e chegam até a se casar com uma mulher. Mesmo assim, não rejeitam sua genitália de mulher, nem pensam em mudar de sexo. Mas podem retirar os seios. Os órgãos sexuais são normais e fazem parte de sua vida amorosa e de seus relacionamentos. Seu objeto de desejo e amor geralmente é uma mulher, de preferência bem feminina. Sabem que são mulheres, mas sentem-se ¨quase homens¨.


9- Transexuais Masculinos - Os transexuais masculinos não são homens que querem ser mulheres. Do ponto de vista psicológico, eles são mulheres. Têm vergonha de seus órgãos sexuais, não permitem ser tocados nessa região, nem se masturbam. Os transexuais masculinos não buscam o prazer sexual nos órgãos sexuais, por isso, desejam realizar a operação para troca de sexo. São divididos em dois grupos: os primários, aqueles que desde meninos sentem que pertencem ao gênero feminino, e os secundários, que só se revelam mulheres a partir da adolescência. 


10- Transexuais Femininas - As transexuais femininas primárias sentem-se, desde a infância, meninos, mesmo sabendo que biologicamente não o são. É possível que vivam a vida inteira em conflito. Aquelas que corajosamente partem para a mudança de sexo encontram muitas barreiras, já que a operação de criação de um pênis é bastante complexa. 


11- Hermafroditas (intersexos) - O intersexo é um ser que biologicamente nasce com órgãos defeituosos e dos dois sexos. Os tipos de defeito são inúmeros e seria necessária uma abordagem caso a caso. O hermafrodita nasce com ovário e testículo, os dois órgãos malformados e com o funcionamento comprometido. Ele é o intersexo mais conhecido num grupo de mais de 20 tipos diferentes.


Diante dessas considerações, faz-se necessário criar mais espaços de promoção da cidadania e respeito às diferenças e diversidades, pois a despeito de toda a  liberdade no mundo moderno, a população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transgêneros) ainda é marcada por muito sofrimento, que pode incluir desde a dificuldade íntima para lidar com sua identidade de gênero, necessidade de, muitas vezes, esconder essa identidade - por temor da reprovação seja de familiares ou da sociedade em geral - exclusões de grupos, e até mesmo humilhações, discriminações, agressões físicas e verbais. A sexualidade tem que ser fonte de felicidade e não de mal-estar.


Referência: Costa, Ronaldo Pamplona da. Os 11 sexos. As multiplas Faces da sexualidade humana. São Paulo. SP : Editota Gente, 1984.
Contato:neatauil@gmail.com

PSICOTERAPIA BENEFICIA AS PESSOAS! http://psicologaneatauil.blospot.com