Google+ Followers

sábado, 13 de outubro de 2012

CASAMENTO, SEXO E COMUNICAÇÃO.

Por Néa Tauil


Na prática clínica é muito comum homens e mulheres se queixarem que, com o passar dos anos, é  difícil manter o sexo divertido e excitante no casamento. Uns dizem que o parceiro ou a parceira é excessivamente ardente e outros que seu parceiro ou a parceira não se excita, por mais insinuações que façam. Muitos até acreditam que se realmente se amam, os dois devem querer sexo no mesmo momento e com a mesma frequência e se não for assim, ficam ressentidos.


São variadas as queixas com relação a sexo no casamento e sexo não é diferente de outras coisas. O que chama a atenção é que raramente as pessoas percebem que a falta de comunicação torna o sexo um problema. A verdade é que se a comunicação entre o casal vai mal o sexo vai mal, pois sexo começa fora da cama e quando melhoramos nossa comunicação no relacionamento, melhoramos nossa vida sexual.
     
Se por um motivo qualquer você se irrita com seu parceiro ou sua parceria e ao invés de discutir o assunto, ignora o ocorrido e faz de conta que nada aconteceu, fingindo que está tudo bem para evitar um bate-boca ou por medo de desagradar, com certeza irá armazenar ressentimento e enquanto a questão não estiver resolvida você será um parceiro ou parceira relutante na cama e possivelmente fora dela.

O ressentimento se manifesta quando nossas necessidades não são satisfeitas e, na maioria das vezes, conduz a pessoa a buscar solução de diferentes maneiras, incluindo falta de desejo, impotência sexual, infidelidade, dentre outras.

Você está enfrentando dificuldade em seu relacionamento por não conseguir falar o que pensa, sente, necessita e deseja? Procure ajuda. A psicoterapia beneficia as pessoas!

Psicoterapia Beneficia as Pessoas! http://psicologaneatauil.blogspot.com